Terça-feira, 11 de Março de 2008

Sporting Clube Esmoriz organizou espectáculo musical

Companhia da Música trouxe “alma” ao Esmoriztur

Durante cerca de duas horas, a Companhia da Música fez uma viagem pela "alma" do panorama musical. Onze elementos em cima do palco do Cineteatro Esmoriztur tornaram o espectáculo, proporcionado por este grupo da cidade do trabalho (São João da Madeira), num grande sucesso, pena é que o público não tenha comparecido em tão grande número, tal como o Sporting Clube de Esmoriz assim o desejava.
O responsável do clube esmorizense, José Godinho, salientou ao PRAÇA PÚBLICA que o objectivo principal do evento "é tentar uma aproximação de simpatizantes e sócios da cidade de Esmoriz ao próprio clube. Se promovermos estes eventos e conseguirmos amealhar algum, todo ele que vem nunca é demais". Este director realçou também que o facto de a Companhia da Música, por ser um grupo desta área geográfica, poder possibilitar a vinda de mais gente e adiantou ainda que é costume todos os anos o clube da cidade da Barrinha realizar uma iniciativa, que "poderá ser no futuro, uma fonte de receita a ter em conta".
No entanto, o facto do enorme espaço ter sensivelmente meia "casa" preenchida com gente, a grande maioria destas pessoas mostrou-se sempre em perfeita interacção com os músicos, ora batendo palmas, outras vezes mesmo cantando em coro com os componentes deste projecto musical.

 

Digamos que este grupo comporta o "mediático" Francisco Reis, que toca sax alto na banda do programa transmitido todas as manhãs na RTP 1, "Praça da Alegria", o que dá ainda maior impacto ao grupo, que depois de dois espectáculos em S. João da Madeira e outro em Santa Maria da Feira, agora coube a esta bonita cidade de Esmoriz receber este concerto, que foi nem mais, nem menos que uma forma de promover o último trabalho da banda "Homenagem à soul music".
Fumos, raios laser, caras bonitas e muito boa disposição em cima do palco ajudaram a cativar a plateia, que gostou deste espectáculo. Uns temas mais dançáveis do que outros, mas sempre uma grande harmonia entre as três vozes femininas e uma masculina, com os restantes músicos. Um evento que certamente ficará na memória daqueles que o presenciaram, pois não é todos os dias que se consegue ter por estas bandas um grupo que nos leva a viajarmos no "mundo" da música de uma forma tão profunda.
Como referiu André Maia ao nosso jornal, apesar deste grupo ser pouco mais do que um projecto amador, tem vindo a desenvolver inúmeros espectáculos e tem inclusive previsto desenvolver lá para o início do Verão, aquilo que ele próprio considera um projecto megalómano, que é desenvolver um projecto musical em torno das bandas sonoras do cinema.
Fernando Souteiro

publicado por companhiadamusica às 20:48
link do post | comentar | favorito
|

pesquisar

 

Julho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Ultimas Noticias

Companhia da Música - Con...

Festas da Cidade de S. Jo...

Companhia da Música brilh...

Concerto de Beneficência ...

Festas do Parque

arquivos